O espanhol Gustavo Veloso (W52-FC Porto) cortou hoje a meta em nono lugar na quarta etapa da Volta à Dinamarca em bicicleta, ganha pelo belga Jasper de Buyst (Lotto Soudal).

De Buyst completou os 175,2 quilómetros entre Korsor e Asnaes Indelukke em 4:09.38 horas, graças a uma ‘escapada’ no último quilómetro, ao lado do compatriota Amaury Capiot (Sport Vlaanderen-Baloise), segundo com o mesmo tempo, e o holandês Huub Duijn (Roompot-Charles), terceiro.

Veloso, vencedor da Volta a Portugal em 2014 e 2015, foi o melhor dos ‘dragões’, em nono lugar, a cinco segundos, e subiu ao 12.º lugar da geral à entrada para a quinta e última etapa, no domingo.

Em 11.º, e com o mesmo 1.23 minutos de distância para o líder que Veloso, está Edgar Pinto, outro atleta ‘azul e branco’, hoje 13.º, num dia em que a equipa portuguesa perdeu António Carvalho, que abandonou.

Samuel Caldeira segue em 14.º, a 1.27, enquanto o atual vencedor da Volta a Portugal, João Rodrigues, é 39.º, enquanto Ricardo Mestre ‘saltou’ 26 posições e subiu ao 75.º posto.

André Carvalho (Hagens Berman Axeon), o outro português em prova, subiu ao 45.º lugar ao cortar a meta em 52.º.

O dinamarquês Niklas Larsen (ColoQuick) continua a liderar a prova, agora com apenas seis segundos de vantagem para o compatriota Jonas Vindegaard (Jumbo-Visma), segundo, com outro dinamarquês, Rasmus Quaade (Riwal Readynez), a fechar o pódio a sete.

No domingo, a 29.ª edição da corrida dinamarquesa encerra com os últimos 165,6 quilómetros, entre Roskilde e um circuito em Frederiksberg, com as colinas como último teste.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.