O ciclista italiano Giacomo Nizzollo (NTT) venceu hoje a segunda etapa da 78.ª edição do Paris-Nice, que terminou em Chalette-sur-Loing, onde o alemão Maximilian Schachmann (Bora-hansgrohe) reforçou a liderança.

Nizzollo foi o primeiro a cumprir os 166,5 quilómetros desde Chevreuse, em 3:49.57 horas, impondo-se ao 'sprint', numa chegada sem público devido à epidemia de Covid-19, ao alemão Pascal Ackerman (Bora-hansgrohe) e ao belga Jasper Stuyven (Trek-Segafredo), segundo e terceiro classificados, respetivamente.

Schachmann, segundo classificado da Volta ao Algarve de 2020, terminou a etapa no oitavo lugar, a três segundos dos primeiros, reforçou a liderança da corrida, detendo agora 15 segundos de vantagem sobre Nizzollo e 21 sobre Stuyven.

Dois dos favoritos à vitória final, o colombiano Nairo Quintana (Arkéa Samsic), devido a uma queda, e o francês Julian Alaphilippe (Deceuninck-QuickStep), que sofreu um furo, perderam 1.25 minutos na tirada.

Na terça-feira, o pelotão da corrida francesa, marcada pela ausência de várias equipas, devido ao receio com a epidemia de Covid-19, vai enfrentar os 212,5 quilómetros da terceira etapa, entre Chalette-sur-Loing e La Châtre, num percurso com uma contagem de montanha de terceira categoria.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.