O ciclista belga Remco Evenepoel (Deceuninck-QuickStep), de 19 anos, venceu hoje a 39.ª edição da clássica de San Sebastián, na qual o melhor português foi Rui Costa (UAE-Emirates), que terminou no 49.º lugar.

Evenepoel, que percorreu os 227,3 quilómetros da prova em 5:44.27 horas e se tornou um dos mais jovens ciclistas a vencer a clássica espanhola, beneficiou do abandono, aos 90 quilómetros, de um dos principais favoritos, o companheiro de equipa Julian Alaphilippe, detentor do título.

A cerca de 20 quilómetros da meta, Remco Evenepoel, campeão do mundo de juniores e a correr a sua primeira prova no World Tour, descolou do pelotão acompanhado pelo letão Skujins Toms (Trek-Segafredo), ficando com uma vantagem de 40 segundos sobre os principais favoritos, incluindo os três espanhóis: Enric Mas, seu companheiro de equipa, Alejandro Valverde e Mikel Landa, ambos da Movistar.

Valverde, vencedor de duas clássicas de San Sebástian, ainda fez uma tentativa para se aproximar de Evenepoel, mas o belga acabou por cruzar a meta com 38 segundos de vantagem sobre os mais diretos perseguidores, liderados pelo compatriota Greg van Avermaet (CCC), que foi segundo.

O colombiano Egan Bernal (INEOS), recente vencedor da Volta a França, não terminou a prova, tal como os portugueses José Fernandes (Burgos BH) e José Gonçalves (Katusha-Alpecin).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.