O francês Romain Bardet disse esta quarta-feira que irá falhar a Volta a França de 2020, para se focar no Giro de Itália, nos Jogos Olímpicos de Tóquio e nos Mundiais da modalidade.

Bardet, de 29 anos, o último francês a chegar ao pódio do 'Tour', com o segundo lugar em 2016 e o terceiro no ano seguinte, disse que está à procura de "novos horizontes" para o próximo ano, mas que estará de volta para o 'Tour' de 2021.

Na última edição, terminou em 15.º da geral numa Volta à França abaixo das expectativas, com a equipa francesa AG2R La Mondiale, apesar de ter sido o melhor da montanha.

"Não foi uma fácil desistir do 'Tour de France', que me trouxe tanto e que é uma prova que amo profundamente", disse.

"Mas é saudável dar um tempo à bonita história que me liga à corrida, para regressar melhor  no ano seguinte".

Bardet, que terminou a época no final do último 'Tour' em julho, vai voltar à competição 'Tour Down Under' na Austrália entre 21 e 26 de janeiro de 2020. As outras datas importantes são o 'Giro' de 9 a 21 de maio, os Jogos Olímpicos entre 24 de julho e 9 de agosto e os mundiais de cicismo entre 22 e 29 de setembro.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.