O italiano Elia Viviani (Quick Step Floors) venceu hoje a segunda etapa da Volta a Itália em bicicleta, em Telavive, onde o australiano Rohan Dennis (BMC) chegou à liderança da corrida, enquanto José Gonçalves (Katusha-Alpecin) segue no quarto lugar.

Viviani impôs-se ao ‘sprint’ no final dos 167 quilómetros desde Haiva em 03:51.20 horas, ao compatriota Jakub Marecko (Willier Triestina) e ao irlandês Sam Bennett (Bora hansgrohe), segundo e terceiro classificados, respetivamente, com o mesmo tempo do vencedor.

Dennis, que ocupava o segundo lugar, trocou de posição com o holandês Tom Dumoulin (Sunweb), detendo um segundo de vantagem sobre o vencedor da edição de 2017 do Giro, graças à bonificação num ‘sprint’ intermédio.

José Gonçalves, o único português na ‘corsa rosa’, prossegue no quarto posto, a 13 segundos da liderança, depois de ainda ter tentado destacar-se do pelotão nos últimos quilómetros da etapa.

No domingo, o pelotão da corrida italiana vai disputar a terceira etapa, a última em solo israelita, ente Be'er Sheva e Eilat, numa distância de 229 quilómetros.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.