O português Luís Mendonça (Rádio Popular-Boavista) garantiu hoje que vai dar “luta” na defesa do título conquistado no ano passado na Volta ao Alentejo em bicicleta.

Depois de ter fraturado um osso de uma mão na Volta ao Algarve, o ciclista de Paredes diz que ainda não está a 100 por cento para defender o surpreendente título conquistado na última temporada, naquela que foi a grande vitória da sua carreira.

“Venho de uma fratura, não estou nas melhores condições, mas venho para defender o que conquistei no ano passado. Vou à luta”, assegurou, em declarações à agência Lusa.

Antes da partida para a primeira etapa, que liga Montemor-o-Novo a Moura (208,1 quilómetros), Luís Mendonça diz que “é possível” estar na luta pelo triunfo final.

“Estou em forma. Vamos ver se a mão me vai deixar, se a estrada me permite não trepidar muito e não ter muitas dores. Porque em forma eu sei que estou”, assumiu.

Aos 33 anos, o ciclista mudou-se da Aviludo-Louletano para a Rádio Popular-Boavista, com o objetivo de “tapar um bocado a lacuna” deixada pela saída de Domingos Gonçalves, campeão nacional de fundo e de contrarrelógio, para a Caja Rural.

“Vencer uma etapa na Volta a Portugal. Era o ideal”, disse, sobre o grande objetivo para a presente temporada.

A Volta ao Alentejo disputa-se de hoje a domingo, num total de 802,1 quilómetros, entre Montemor-o-Novo e Évora.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.