O ciclista belga Remco Evenepoel (Deceuninck-QuickStep) vai partir de amarelo para a terceira etapa da 46.ª Volta ao Algarve, uma ligação entre Faro e Tavira que será a última oportunidade para os ‘sprinters’.

Depois de conquistar a liderança da geral no alto da Fóia, o jovem belga, de 20 anos, enfrenta uma jornada teoricamente tranquila na tirada mais longa desta edição, que vai ligar Faro a Tavira, num total de 201,9 quilómetros.

O pelotão vai sair da ‘capital’ algarvia às 12:05, rumando à meta volante de Alportel, situada logo ao quilómetro 18,4, antes de enfrentar as duas contagens de montanha do dia, ambas de terceira categoria, na Portela da Corcha (km 63,4) e Cachopo (km 78,3).

Antes da habitual chegada à Avenida Zeca Afonso, em Tavira, prevista para as 17:07, os corredores vão ainda cruzar duas metas volantes, em Alcoutim (km 137) e Vila Nova de Cacela (km 190).

O final da terceira tirada será a última oportunidade para os homens mais rápidos do pelotão lutarem por um triunfo na prova que termina no domingo, com um contrarrelógio em Lagoa, pelo que a liderança de Evenepoel não deverá estar sob ataque.

O campeão europeu de contrarrelógio é primeiro da geral, com o mesmo tempo do alemão Maximilian Schachmann (Bora–hansgrohe), com o português Rui Costa (UAE Emirates) a fechar o pódio, a dois segundos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.