O ala Ricardinho apelou hoje ao traquejo da seleção portuguesa de futsal para garantir a qualificação direta para o Mundial2020 frente à Itália, no domingo, em encontro da terceira jornada da Ronda de Elite.

"É necessário usar a experiência para tentar estarmos ao máximo em vantagem. A Itália tem jogadores de qualidade e muita fome de participar nestas competições, tal como nós. Resta-nos fazer o melhor que sabemos e contar com a ajuda do público", referiu o atleta dos espanhóis do Inter Movistar, em conferência de imprensa.

Portugueses e italianos partem para a última ronda na liderança do Grupo A, com quatro pontos, apesar de os transalpinos terem melhor diferença de golos, contexto que obriga os pupilos de Jorge Braz a vencerem para alcançar a entrada direta no Mundial da Lituânia.

"Como sempre disse, a decisão ia ser transportada para o último jogo. Outra coisa era ter a vantagem de poder jogar para o empate, algo que já tivemos várias vezes no passado e nunca deu certo. O que está para trás já passou e é um alerta para conseguirmos o resultado pretendido na nossa última final", observou.

Eleito seis vezes o melhor jogador de futsal do mundo, Ricardinho admite que o estatuto de campeão europeu aumenta os níveis de motivação dos oponentes, embora Portugal aproveite a condição de visitado para adquirir uma "força extra".

"Ontem [na sexta-feira] estávamos cansados, mas trabalharemos ao máximo para estarmos preparados. Mais do que ninguém, queremos dar esta alegria ao povo português. Temos recebido mensagens positivas e é importante sentir essa ligação", enalteceu.

Na Ronda de Elite, a decorrer até domingo na Póvoa de Varzim, os terceiros do ‘ranking' mundial sofreram para bater a Bielorrússia (19.ª), por 2-1, na quinta-feira, um dia antes de resgatarem no último suspiro um empate a duas bolas com a Finlândia (21.ª).

"Quem está cá tem competência e qualidade. Enganado estava quem pensava que este grupo era fácil. Hoje isso já não existe, pela forma diferente como se tem jogado futsal. Os jogadores evoluíram, estão mais competitivos e isso é bom para a modalidade", sustentou.

Portugal e Itália defrontam-se no domingo, às 17:00, no Pavilhão de Desportos Municipal da Póvoa de Varzim, na última jornada do Grupo A da Ronda de Elite de qualificação para o Mundial2020, três horas antes do embate entre a última colocada Bielorrússia e Finlândia, terceira, com dois pontos e hipótese remotas de apuramento.

Os vencedores das quatro séries europeias têm entrada direta na competição agendada para as cidades de Kaunas, Vilnius e Klaipeda, entre 12 de setembro e 04 de outubro, enquanto os segundos classificados discutirão as restantes vagas num 'play-off'.

Portugal procura a sexta presença consecutiva no Campeonato do Mundo de futsal, depois das participações em Guatemala2000, onde conquistou a medalha de bronze, Taiwan2004, Brasil2008, Taliândia2012 e Colômbia2016.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.