Ricardinho deu uma entrevista ao jornal 'Marca' onde explicou como tem sido os seus dias de isolamento em casa. O craque do futsal diz que faz "mais ou menos três horas de exercício por dia" e que tem aproveitado este tempo em casa para jogar póker online, FIFA20 na consola e para ver filmes.

O jogador dos madrilenos do Inter Movistar confessou que não vê séries porque não tem paciência para esperar por uma nova temporada quando a última acaba. Na televisão 'manda' a filha, que gosta de ver desenhos animados como 'A porquinha Pepa'.

Questionado se também tinha aderido à loucura do papel higiénico, o craque respondeu assim.

"Não entendi bem essa loucura, já que vais estar na tua casa, podes lavar-te sem problemas. Mas aqui em casa posso dizer que todas as casas de banho estão bem abastecidas [de papel higiénico] mas sem loucuras", garantiu.

E o que Ricardinho tem mais saudades, nestes dias de isolamento em casa?

"Ir a uma esplanada tomar um café, o barulho das pessoas, ver os meus filhos, viajar, competir,... tantas coisas. Éramos felizes e não sabíamos e todos os dias queixávamo-nos", atirou, antes de deixar uma sugestão sobre o que resta da época.

"Se não for possível voltar a jogar o que resta da época, creio que os oito primeiros no final da Primeira Volta devem fazer um play-off. Em último caso, o campeão seria campeão de inverno, mesmo que seja injusto para os outros", atirou em entrevista à 'Marca'.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.