A internacional portuguesa Sofia Vieira mostrou-se hoje “muito feliz” por ter sido segunda classificada na corrida à ‘Bota de Ouro’ de futsal feminino, que premeia a melhor marcadora dos campeonatos europeus.

“Estou muito feliz com este reconhecimento, é um orgulho enorme ver o meu nome no pódio da lista das melhores marcadoras da Europa. Foi uma época fantástica a nível pessoal e coletivo e termina da melhor maneira”, expressou Sofia Vieira à agência Lusa.

A jogadora, de 32 anos, anotou 48 golos na temporada 2018/19, ao serviço dos italianos do Kick Off C5, ficando a apenas um da brasileira Débora Vanin, sua colega de equipa, que fechou a época com 49 tentos e que recebeu o troféu.

“Custa menos [perder o troféu para uma companheira de equipa], até porque sabemos que contribuímos para o sucesso de ambas. Formámos uma dupla espetacular durante todo o ano”, referiu a lusa.

Na época transata, a terceira ao serviço do Kick Off C5, Sofia Vieira ajudou o conjunto sediado em San Donato a vencer a Taça de Itália e a terminar o campeonato no segundo lugar, a dois pontos do campeão ASD Salinis.

Depois do Benfica, a portuguesa, natural de Rio Maior, rumou a Espanha, onde jogou em quatro clubes, casos de FSF Mostoles, Atlético Navalcarnero e Universidad de Alicante, em futsal, e no Atlético de Madrid, em futebol.

Defendeu a camisola ‘encarnada’ em quatro temporadas, durante as quais chegou à seleção principal portuguesa de futebol, marcando sete golos nas 34 presenças na equipa das ‘quinas’, tantas quantas viria a somar na seleção de futsal, apontando nove tentos.

A última presença na seleção de futsal ocorreu em outubro de 2016, levando a que Sofia Vieira já não espere voltar à equipa das ‘quinas’.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.