Tiger Woods igualou hoje o recorde de vitórias no circuito norte-americano de golfe (PGA Tour) de Sam Snead, ao somar em Chiba, no Japão, o 82.º triunfo da carreira, no primeiro torneio da sua 23.ª época.

O norte-americano, de 43 anos, comandou o Zozo Championship de princípio ao fim e hoje não desperdiçou, nos sete buracos que lhe faltavam disputar, a vantagem conquistada no domingo, de três pancadas sobre o japonês Hideki Matsuyama.

Vencedor de 15 ‘majors’, Tiger Woods nem começou bem o dia, com um ‘bogey’ (uma pancada acima do par) no buraco 12, mas não ‘tremeu’ e, até final, ainda fez dois ‘birdies’ (uma abaixo), para terminar a quarta volta com 67 pancadas, três abaixo do par.

No total, o norte-americano, que havia marcado 64 pancadas no primeiro dia, 64 no segundo e 66 no terceiro, fechou a prova com 261 pancadas, 19 abaixo do par, batendo por três Matsuyama, que terminou no segundo lugar.

O norte-irlandês Rory McIlroy e o sul-coreano Sungjae Im repartiram o terceiro posto, com 267 pancadas.

“É inacreditável, é demais. Consegui ser consistente na maior parte da minha carreira e hoje foi um daqueles dias em que consegui fazer o meu jogo”, disse Tiger, que há dois meses foi submetido a uma artroscopia ao joelho esquerdo.

O norte-americano voltou na prova japonesa e fez história, igualando um recorde que Sam Snead, nascido em 1912 e falecido em 2002, tinha conseguido entre 1936 e 1965.

“Foi uma semana longa. Estar à frente do ‘leaderboard’ durante cinco dias não é fácil”, explicou Tiger Woods.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.