Num duelo equilibrado até aos minutos finais as equipas sénior masculina de hóquei do Petro de Luanda e Académica de Luanda marcaram um número excessivos de golos na final da Taça de Angola, que teve como palco o pavilhão anexo da Cidadela, com o vencedor a ser conhecido nos instantes finais.

A final entre as duas formações foi o reeditar da edição 2017, onde os estudantes golearam por 5-1, tendo sido marcados dez golos, sendo seis para a Académica e quatro para o Petro de Luanda.

Hoje foram os estudantes que começaram por mandar no desafio ao sair ao intervalo com a vantagem confortável de 2-0, ante a um adversário com muitas oportunidades para marcar, mas sem sucesso.

Na segunda parte, as constantes alterações na formação do eixo -viário surtiram efeitos pois estes conseguiram igualar o placar, relançando a contenda para a emoção dos seus exigentes adeptos que conseguiram despertar e tornarem-se vistosos.

A formação derrotada conseguiu sufocar os estudantes nos últimos dez minutos com o marcador a sofrer constantes alterações sem que o grande vencedor fosse conhecido de forma antecipada.

O "académico" Tino Boy foi o destaque da partida ao fazer um “hat-trick”, tendo os seus colegas Nery (2) e Márcio marcado os outros golos, ao passo que Chipico, Guedes e Zidane, por duas vezes, apontaram os tentos petrolíferos.

Com o triunfo desta noite a Académica eleva para seis o número de conquista contra apenas três do Petro de Luanda.

As duas formações vão agora preparar o Campeonato Nacional, que inicia na próxima sexta-feira em Luanda.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.