A equipa anfitriã feminina do Concepción conquistou hoje a primeira edição da Taça Intercontinental de hóquei em patins, em San Juan, na Argentina, ao vencer na final por 4-2 a formação espanhola do HC Gijón.

As campeãs europeias estiveram por duas vezes em vantagem no mítico pavilhão Aldo Cantoni, em San Juan, ‘catedral’ do hóquei em patins argentino, com golos de Maria González, aos cinco minutos, e Nuria Olbeso, aos 19, mas as campeãs sul-americanas deram a volta na segunda parte.

Maria Florencia Felamini, que no sábado esteve em evidência no jogo das meias-finais com o Benfica (4-3), foi a jogadora em destaque na final, ao apontar todos os golos do Concepción, aos oito minutos, 29, 33 e 34 minutos.

A guarda-redes da equipa argentina Anabela Flores repartiu o destaque na final com Maria Florencia Felamini, ao negar por várias vezes o golo ao HC Gijón, nomeadamente ao defender uma grande penalidade a Sara Gonzaléz, aos 44 minutos, bem como a recarga.

A final da primeira edição da Taça Intercontinental feminina de hóquei em patins, que foi disputada pelas equipas campeãs e vice-campeãs europeias e sul-americanas, teve como árbitros os portugueses José Pinto e Miguel Guilherme.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.