O hoquista internacional português Hélder Nunes considerou hoje a ida para o FC Barcelona, que rotulou de "melhor clube do mundo", como um novo desafio na sua carreira, depois de vários anos no FC Porto.

"Vou jogar no melhor clube do mundo, com os melhores jogadores do mundo, e certamente no clube que melhor trabalha em termos de profissionalismo", disse à agência Lusa Hélder Nunes, antes do treino de adaptação de Portugal ao pavilhão Isaac Gàlvez, em Vilanova, um dos palcos do Mundial de 2019.

Hélder Nunes, que assinou na quinta-feira pelos catalães, ressalvou que "os clubes portugueses também trabalham bem" e se assim não fosse nem ele nem o João Rodrigues, que já representa o FC Barcelona, teriam tido a oportunidade de dar o salto.

"Certamente que vai correr tudo bem, porque o trabalho é o prato forte daquela casa [FC Barcelona] e eu gosto muito de trabalhar. Por isso, vai ser mais um a remar para o mesmo lado", disse Hélder Nunes.

O hoquista luso irá reencontrar no clube catalão o colega de seleção João Rodrigues, que tem sido uma preciosa ajuda para o ex-portista, no capítulo da integração, e com o qual já visitou o Palau Blaugrana.

"Ter lá o João [Rodrigues] é uma ajuda para mim e para a minha integração. Falei com ele várias vezes ao longo deste ano e ele disse-me maravilhas do FC Barcelona", adiantou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.