A Comissão Europeia de hóquei em patins (CERH) divulgou hoje o novo formato do Campeonato da Europa de 2020, que vai decorrer em França, no qual a seleção portuguesa, campeã mundial, ficará integrada na divisão principal.

A alteração do formato da prova continental já tinha sido anunciada pelo presidente da CERH, o português Fernando Graça, em 2018, logo depois do final do último Europeu, disputado na Corunha, em Espanha, mas só agora foram divulgados os detalhes da competição.

As seis equipas melhor classificadas do último Europeu vão ficar integradas no grupo A, a divisão principal, que será disputado por Espanha (campeã europeia em 2018), Portugal (vice-campeão), Itália (terceiro classificado), França (quarto), Suíça (quinto) e Andorra (sexto).

Já o grupo B, o segundo escalão do Euro2020, será composto por Alemanha, Inglaterra, Áustria, Países Baixos, Bélgica e Israel.

Depois de numa primeira fase jogarem num sistema de todos contra todos, a uma volta, as quatro equipas melhor colocadas no grupo A apuram-se para as meias-finais da prova, sendo que os vencedores das ‘meias’ qualificam-se para a final, enquanto os vencidos disputarão o jogo de terceiro e quarto lugares.

Já o quinto e sexto colocados do grupo A vão defrontar o primeiro e segundo do grupo B para definir as posições do quinto ao oitavo lugar do Euro2020. As duas seleções vencedores destes duelos vão integrar a divisão principal (grupo A) do Europeu seguinte, em 2022.

As restantes quatro formações do grupo B vão jogar entre si para efeitos de classificação final, do nono ao 12.º posto.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.