O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou hoje que vai receber a seleção portuguesa de hóquei em patins vencedora do campeonato do mundo na terça-feira às 16:00 no Palácio de Belém, em Lisboa.

O chefe de Estado, que falava à saída de uma iniciativa no Centro de Congressos do Estoril, no concelho de Cascais, contou que, regressado de Paris, ainda acompanhou pela televisão o prolongamento do jogo contra a Argentina, que Portugal venceu no desempate por grandes penalidades.

"Apanhei o avião da TAP mesmo à tangente, cheguei e ainda vi o prolongamento. Portanto, tive essa sorte", declarou Marcelo Rebelo de Sousa aos jornalistas.

No domingo à noite, o Presidente da República felicitou "vivamente" a seleção portuguesa logo após o final do jogo, saudando "os jogadores técnicos e dirigentes", numa declaração enviada à agência Lusa, e prometeu recebê-los em Belém logo que possam, depois da chegada a Lisboa".

Numa mensagem publicada em seguida no portal da Presidência da República na Internet, o chefe de Estado congratulou-se "pela fantástica conquista do campeonato do mundo da modalidade, 16 anos após o último título" obtido por Portugal.

Marcelo Rebelo de Sousa enviou a todos os elementos da equipa "um abraço fraternal de parabéns e de obrigado por esta grande alegria, desde já os convidando para uma audiência no Palácio de Belém depois de regressados de Barcelona".

Girão à frente do 'castelo' e ...  Portugal é campeão do Mundo de hóquei em patins
Girão à frente do 'castelo' e ... Portugal é campeão do Mundo de hóquei em patins
Ver artigo

Portugal sagrou-se campeão mundial de hóquei em patins no domingo, em Barcelona, 16 anos depois da última conquista, ao vencer a Argentina, por 2-1, no desempate por grandes penalidades, após um nulo no final do encontro.

No desempate por grandes penalidades, Gonçalo Alves e Hélder Nunes marcaram para Portugal, enquanto pela Argentina apenas conseguiu marcar Nicolia.

A formação das ?quinas' conquistou o 16.º título mundial, menos um do que a recordista Espanha, reconquistando um título que lhe fugia desde 2003, em Oliveira de Azeméis.

Girão: "Queria pedir ao nosso Presidente se nos podia receber outra vez. É especial"
Girão: "Queria pedir ao nosso Presidente se nos podia receber outra vez. É especial"
Ver artigo

Fora de Portugal, a 'equipa das quinas' não vencia um título desde 1993, sendo que, em Espanha, apenas se tinha sagrado campeão mundial uma vez, em 1960.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.