No início de outubro, a ginasta portuguesa Filipa Martins, do Acro Clube da Maia, garantiu um lugar nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020, durante a sua participação nos Mundiais de ginástica artística, que decorreram em Estugarda, na Alemanha.

Depois de Filipa Martins garantir essa qualificação, o SAPO Desporto falou com a ginasta portuguesa. Num formato com 20 perguntas (dez relacionadas com a vida profissional e dez com a vida pessoal), Filipa Martins deu-se a conhecer ao público.

Desde o superpoder que escolheria à comida que 'atacava' se pudesse, fique a saber mais sobre a ginasta mais medalhada de Portugal.

Veja o vídeo.

Filipa Martins, de 23 anos, já esteve presente nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, no Brasil, onde obteve a melhor classificação de sempre de uma portuguesa na ginástica artística, ao terminar o concurso completo na 37.ª posição.

A ginasta portuguesa, que está agora focada nos Jogos Olímpicos do próximo ano, traçou como objetivo melhorar a sua prestação em relação aos últimos Jogos, realizados no Rio de Janeiro.

Nesses jogos de 2016, a atleta do Acro Clube da Maia não estava a 100% devido a uma lesão, mas garante que em Tóquio quer melhorar a sua marca pessoal e ajudar o coletivo português.

A prova desse desejo é a medalha de ouro arrecadada por Filipa Martins já este ano, na trave, na Taça do Mundo de ginástica artística, que decorreu em Guimarães, troféu que juntou ao bronze conseguido na mesma competição, em paralelas assimétricas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.