O ritual ancestral de invocação ao deus Pariacaca da cultura Inca será encenado na cerimónia de abertura dos Jogos Pan-Americanos de Lima, no próximo dia 26 de julho, informaram os organizadoes do evento.

"Esta cerimónia vai mostrar ao mundo o que é o Peru, a sua história desde o início, e todas as nossas épocas ao longo dos séculos até hoje", disse o presidente do Comité Organizador, Carlos Neuhaus.

Segundo a mitologia Inca e pré-Inca, Pariacaca era o deus da água e das chuvas torrenciais.

Neuhaus informou que a abertura dos Jogos terá uma audiência na televisão de 400 milhões de espectadores.

A cerimónia de abertura será no Estádio Nacional de Lima, com capacidade para 50 mil espectadores, onde vão participar 1.700 artistas, entre bailarinos, acrobatas, músicos e indígenas da cultura amazônica Shipibo Conibo.

A produção das cerimónias de abertura e encerramento estão a cargo da empresa italiana Balich WoldWide, responsável pelos Jogos Olímpicos Rio-2016 e das Olimpíadas de Inverno de Turim-2006 e Sochi-2014.

A competição continental vai reunir 6.680 atletas de 41 países e territórios de toda América, com competições disputadas em 14 distritos de Lima e do porto de Callao com 61 modalidades, das quais 22 garantem apuramento direto para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.