A primeira fase de venda de bilhetes para os Jogos Olímpicos Tóquio2020 começa em 09 de maio e destina-se apenas a residentes no Japão, devendo a venda para o estrangeiro iniciar-se em junho, anunciou hoje o comité organizador.

Os interessados na primeira fase, cidadãos nipónicos ou residentes no país, devem registar-se num sítio na Internet, entre 09 e 28 de maio, para que depois a organização possa proceder a um sorteio, cujos resultados serão divulgados em 20 de junho.

A venda de ingressos fora do Japão começará em 15 de junho e será feita através dos distribuidores autorizados em cada país, os comités olímpicos nacionais.

No próximo Outono, abrirá uma segunda fase de venda de ingressos para residentes no Japão, atribuídos segundo o critério de ordem de chegada.

Na Primavera do próximo ano, a venda será estendida a todo o mundo.

Os preços das entradas variam entre os 2.500 ienes (cerca de 19,70 euros), para competições como o futebol, e os 130.000 ienes (1.028 euros), para as provas de atletismo.

Os ingressos mais caros para os Jogos Olímpicos Tóquio2020, que se disputam entre 24 de julho e 09 de agosto, são os da cerimónia de abertura, que custarão 300.000 ienes (2.373 euros).

Os bilhetes para os Jogos Paralímpicos Tóquio2020, que decorrerão entre 25 de agosto e 06 de setembro, serão colocados à venda no próximo Verão.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.