O 37.º Trial das Nações, que estava previsto realizar-se nos dias 12 e 13 de setembro em Gouveia, no distrito da Guarda, foi cancelado devido à pandemia causada pela COVID-19, foi hoje anunciado.

A Câmara Municipal de Gouveia refere em comunicado enviado à agência Lusa que as entidades responsáveis pelo evento desportivo, nomeadamente a Federação Internacional de Motociclismo e a Federação de Motociclismo de Portugal, “consideraram que não estão reunidas as condições sociais, económicas e culturais para a realização da edição 2020 do Trial das Nações”.

“Neste sentido, foram tomadas as devidas diligências e tornou-se inevitável anunciar a impossibilidade de concretizar a realização do Trial, medida que surge na sequência da recomendação do reforço de medidas de contenção efetuadas pelas Autoridades de Saúde”, justifica a autarquia.

Segundo a nota, foi considerado que a realização da prova “constituiria um risco inadequado”, uma vez que implica a concentração de “um número elevado de elementos, nomeadamente equipas e pilotos, provenientes de diversos países”.

O município lembra que seria a segunda vez que Portugal iria garantir a organização de uma “importante prova internacional, disputada por seleções e que conta habitualmente com os melhores pilotos do mundo de Trial, numa competição com muita adesão por parte do público e com um sucesso cada vez mais crescente”.

“A epidemia de coronavírus causou uma interrupção no calendário desportivo mundial e nacional, causando constrangimentos em vários eventos e provas desportivas no nosso país, o que obrigou diversas organizações a cancelar e/ou adiar eventos, com a modalidade de motociclismo a não ser exceção e a ressentir-se com o panorama atual”, remata a autarquia de Gouveia.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de COVID-19 já provocou mais de 335 mil mortos e infetou mais de 5,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Em Portugal, morreram 1.289 pessoas das 30.200 confirmadas como infetadas, e há 7.590 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.