No próximo dia 26 de agosto, e depois de meses e meses de negociações (e algumas provocações) de ambas as partes, o mundo irá assistir à luta emblemática entre Connor McGregor e Floyd Mayweather, os maiores nomes do desporto de combate.

O MMA (mixed martial arts) vem a ganhar muita popularidade entre os amantes dos combates, mas a nobre arte de luta - o boxe - volta a ganhar atenção graças a este combate.

O duelo entre o irlandês “The Notorious” e o americano “Money” terá 12 rondas e as casas de apostas e sites especialistas já movimentam milhares de euros.

Se quer saber mais sobre este duelo, preparamos 10 coisas que precisam saber antes de assistir Connor McGregor e Floyd Mayweather em ação.

1 - O dinheiro envolvido

Os números oficiais só serão revelados após a luta, uma vez que depende da venda 'pay-per-view', patrocínios e venda de bilhetes. Mayweather, que ganhou um bilião de euros em 2015, não deixaria a ‘reforma’ por meros trocados. Há dois anos, no combate contra Manny Pacquiao, o norte-americano pisou o ringue já com 100 milhões de euros no bolso e saiu de lá com 300 milhões.

Dana White, presidente do UFC, afirmou que os lutadores podem ganhar quase 200 milhões, cada um, isto se as vendas de pay-per-view forem boas.

Darren Rovell, especialista de lutas de combate da ESPN, estima que a luta do século deverá gerar cerca de 600 milhões, somando as receitas do ‘pay-per-view’, patrocínios, bilhetes e apostas.

2 - Mayweather é o favorito

De acordo com a casa das apostas, Floyd Mayweather Jr é o vencedor. Quem apostar 1 dólar no norte-americano ganha cerca de 1,10 e quem preferir arriscar no ‘Notorious’ vai ganhar 7 dólares para cada 1 apostado.

3 - McGregor não tem nada a perder, ao contrário de Mayweather

Esqueçamos o dinheiro por agora e falemos do palmarés. O pugilista norte-americano pode chegar às 50 vitórias sem nenhuma derrota na carreira. Uma derrota não o vai impedir de lucrar muito dinheiro, mas colocar em causa essa invencibilidade é outro assunto, além do orgulho ferido.

Já para McGregor, uma derrota não terá grande impacto no seu currículo, já que o irlandês foi derrotado por três vezes, a última para Nate Diaz no UFC 196, no ano passado. Contudo, ser o primeiro a bater o norte-americano é um prémio de muito prestígio.

4 - MMA proibido, esta é uma luta de boxe

“Não existe a possibilidade de esses golpes [MMA] serem executados. Isso está logo na primeira cláusula do contrato. Esta é uma luta de boxe, sob as regras da Comissão de Atletas de Nevada. Quando falamos de um desportista como Mayweather, as multas são exorbitantes. E todos sabemos como Connor gosta de dinheiro, deixaria de levar para casa uma quantidade absurda de dinheiro se resolvesse usar golpes ilegais”, disse Dana White, presidente do UFC.

Toda a organização do evento ficará a cargo da Mayweather Promotions, empresa do pugilista norte-americano. Por isso, se esperam uma noite de MMA bem podem procurar outro programa.

5- Categoria de peso definida

Tanto McGregor como Mayweather pesam cerca de 70 kg. Isso significa que nenhum dos dois precisa de fazer uma dieta rigorosa ou ganhar peso, o que é excelente para garantir um bom espetáculo.

O irlandês combate na categoria Peso Leve no UFC, que vai até 70,3 kg, e Mayweather já lutou várias vezes na categoria Super Meio-Médio em combates da Federação Mundial de Boxe.

6- ‘Money’ parte em vantagem

Sendo uma luta de boxe, é expectável afirmar que o dono e senhor da maior invencibilidade de todos os tempos parta na ‘pole position’. Floyd tem vantagem porque sabe defender-se muito bem e utiliza os seus contra-golpes rápidos para vencer o adversário.

A prolongação do combate também é favorável ao norte-americano. Esta será uma luta de 12 rondas de 3 minutos (totalizando, no máximo, 36 minutos). McGregor terá de procurar rapidamente um KO, caso contrário enfrentará uma maratona maior do que as lutas de UFC, que não passam de 25 minutos (5 rondas de 5 minutos), algo que Mayweather está bastante habituado.

7- As vantagens de McGregor

O factor surpresa pode ser a vantagem do lutador irlandês, que nunca fez uma luta oficial de boxe. A principal qualidade de ‘Notorious’ é a agilidade na oscilação entre pernas e braços dentro do octógono e, além do mais, ele treina boxe há bastante tempo, fazendo até combates contra antigos campeões mundiais.

Os 29 anos de McGregor contra os 40 do seu adversário também podem fazer a diferença.

Mayweather não faz uma luta oficial desde 2015, enquanto o último combate de Connor foi em novembro de 2016.

8 - O cinturão especial

A Associação Mundial de Boxe desenhou um prémio comemorativo e especial para o combate de 26 de agosto.

“Isto é excelente para o desporto. Quando fazemos troféus comemorativos, um trabalho de arte, é para acrescentar um valor especial. Vamos muitas coisas boas fora do ringue. Seria muito fácil apenas escolher lutadores, sancionar lutas e ir para casa. Mas não fazemos isso. Queremos ter certeza de que o boxe está ativo nas mentes das pessoas”, disse Mauricio Sulaiman, presidente da Associação Mundial de Boxe.

9- Onde vai ser, como assistir e quanto custa um bilhete

Onde: A luta será na T-Mobile Arena, em Las Vegas, Nevada.

Como assistir: Pode optar pelo sistema ‘pay-per-view’ (entre 78 e 87 euros) ou pela portuguesa Sport TV, que confirmou a transmissão do “combate do ano” a partir das 02h da madrugada.

Preço de bilhetes: A maior parte deles serão convites muito restritos, não havendo ainda preços oficiais para os bilhetes, mas se forem similares aos do duelo de 2015, entre Mayweather e Pacquiao, devem custar de 1500 euros a 10 mil euros.

10- O que diz a ciência

Um vídeo produzido pelo 'SportScience', da ESPN norte-americana, comparou os dois lutadores e tentou mostrar, com números e estatísticas, o desfecho do combate.

*Artigo publicado originalmente no dia 17 de agosto.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.