O Comité Olímpico Internacional (COI) desclassificou e despojou hoje o halterofilista turco Mete Binay do seu diploma nos Jogos Olímpicos Londres2012, nos quais ficou em sexto lugar na categoria de -69kg, por doping.

Mete Binay, de 35 anos, campeão mundial em 2011, em Antalya, e medalha de bronze no Europeu do mesmo ano, em Minsk, testou positivo para a substância estanozolol (um esteroide sintético), na reanálise das suas amostras antidoping de então.

De acordo com o COI “o atleta cometeu uma violação da regra antidopagem”, no que toca ao uso de substâncias proibidas, pelo que “é desqualificado do evento em que participou por ocasião dos Jogos Olímpicos de Londres de 2012, ou seja, no levantamento de peso masculino de -69 kg”.

O COI solicitou também à Federação Internacional de Halterofilismo que, face ao teste positivo às amostras do turco Mete Binay, alterasse os resultados do concurso da categoria masculina de -69kg de Londres2012.

As amostras recolhidas nos Jogos Olímpicos Pequim2008 e Londres2012 têm sido reanalisadas com métodos mais modernos de deteção de doping, levando a várias desclassificações ‘a posteriori’, nomeadamente no halterofilismo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.