A seleção mista de Cabo Verde de remo qualificou-se para a final dos I Jogos Africanos de Praia, após a conjugação de resultados das provas realizadas nos dois primeiros dias, na praia de Santa Maria.

A final, segundo o treinador da seleção de Cabo Verde, o cubano Luiz Osório, deverá realizar-se esta tarde.

O técnico realçou que a dupla "está moralizada e a trabalhar para a qualificação em outubro, para a Olimpíada".

Luíz Osório lamentou, no entanto, a falta de condições técnicas, argumentando que os atletas apenas tiveram contactos com o bote nos últimos quatro dias, na praia de Santa Maria, contrastando com o nível físico, uma vez que, disse, os selecionados vinham sendo preparados há quatro meses.

Cabo Verde participa na prova de remo dos I Jogos Africanos de Praia com uma equipa mista, formada pelos atletas Júnior Fernandes e Vandira, com a pretensão de representar o país com o maior prestígio.

Por outro lado, os vencedores da prova de remo feminino foram conhecidos ao início da tarde deste sábado, com a atleta tunisina Sara Zamalli a conquistar a medalha de ouro, seguida no pódio pelas concorrentes Amina Rouba, da Argélia (prata) e Toko Esther, da Nigéria (bronze).

Os I Jogos Africanos de Praia estão projctados como o maior acontecimento desportivo de sempre realizado em Cabo Verde na qualidade de país anfitrião, sendo que o arquipélago vai participar em todas as modalidades em competição.

Sob a égide da Associação de Comité Olímpicos Nacionais Africanos (ACNOA), os Jogos Africanos de Praia Sal 2019 contemplam 11 modalidades ligadas ao mar,  atletismo, basquetebol 3×3, andebol de praia, ténis de praia, futebol de praia, remo no mar, futebol freestyle, karaté kata, kitesurf, e natação em águas abertas, num universo de 42 países.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.