A Associação de Remo e Conoagem de Santiago Sul conquistou uma medalha de ouro e duas de prata nas regatas de preparação dos Jogos Olímpicos de Tóquio’2020 que decorrem de 04 a 16 do corrente em Tunes (Tunísia).

Segundo apurou a Inforpress junto do presidente desta associação desportiva denominada ARCA, José Alves, Cabo Verde fez-se representar com quatro atletas, dos quais dois olímpicos e outros tantos paralímpicos, suportado pelos técnicos Luís Osório e Danielson Mendes e conquistou uma medalha de ouro e duas de prata nas regatas de training e exibição pela equipa paralímpica.

Vandira Mendes, Junior Fernandes, Marco Bontempo e Nesua Garcia foram os atletas que representaram o país nesta montra internacional, sendo que os atletas paralímpicos já se encontram de volta ao país, ao passo que os olímpicos têm chegada a Cabo Verde marcada para esta madrugada.

Denominada (2019 Olympic & Paralympic Rowing Qualification Regatta for Africa) este evento conta com o concurso de mais 60 participantes em representação de 18 países africanos, com o propósito de ganhar experiência e conhecimentos fundamentais para que a modalidade se possa desenvolver em Cabo Verde.

Segundo José Alves, “para além do esforço de cada um dos membros e dirigentes desta Associação, a participação de Cabo verde neste evento, só foi possível graças ao apoio da Federação Internacional de Remo (FISA) do COC e do COPAC, que desde a primeira hora têm apoiado e ajudado” esta colectividade no desenvolvimento desta modalidade no arquipélago.

A ARCA, segundo o seu presidente, tem como grande desafio receber um “apoio decisivo do Governo com a doação das embarcações que já acabaram de chegar à cidade da Praia para que os atletas possam intensificar os seus treinos na praia da Gamboa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.