A equipa portuguesa de tiro com arco fixou hoje um novo recorde nacional nos Jogos do Mediterrâneo, com 1.887 pontos, superando por 49 pontos a anterior melhor marca.

Com Luís Gonçalves a terminar em 13.º lugar, Domingos Vaquinhas em 24.º e Jorge Alves em 25.º, Portugal passou à fase eliminatória no sexto lugar.

O tiro com arco é a única modalidade com atletas portugueses que já teve competição até ao momento nos Jogos do Mediterrâneo, que arrancaram na quinta-feira e decorrem até 01 de julhyo, em Tarragona, Espanha.

Portugal, que é um dos 26 países participantes e se estreia nesta prova, está representado por 233 atletas de 29 modalidades.

No sábado, estreia-se a equipa de canoagem de Portugal, que integra o canoísta tricampeão europeu de K1 1000 metros Fernando Pimenta.

Os cinco canoístas convocados vão competir em Castelldefels, canal olímpico da Catalunha, a cerca de 100 quilómetros de Tarragona.

As eliminatórias disputam-se no sábado, enquanto as finais estão reservadas para domingo.

"Está tudo bem. Tivemos um estágio depois do Europeu que terminou na quarta-feira. Estamos apenas cansados da viagem. Mas sinto-os confiantes para fazerem uma boa eliminatória para chegar à final. Esse é primeiro passo para poder ganhar confiança para uma boa final", disse o treinador Hélio Araújo.

Fernando Pimenta compete em K1 500 e K2 500, enquanto o barco de João Ribeiro é um K2 500, Teresa Portela compete em K1 200 e Joana Vasconcelos em K1 500. Soma-se Messias Baptista em K1 200, que treina com José Sousa.

Andebol, badminton, esgrima, esqui aquático, golfe, judo, luta greco-romana, natação, ténis de mesa, tiro, triatlo, vela e voleibol são as restantes modalidades que entram em ação no sábado, ao terceiro dia de jogos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.