Joaquim Rodrigues Jr. (Hero), o melhor português no Dakar2019, terminou a sexta etapa na 21.a posição, a 49.22 minutos do vencedor, Quintanilla, apesar de ter tido de parar largos minutos durante a especial cronometrada. Ainda assim, subiu ao 20.º posto da classificação, a 3:24.23 horas do novo líder. Já António Maio (Yamaha) foi o melhor piloto português na etapa, ao terminar na 17.ª posição, a 42.43 minutos do vencedor, subindo ao 25.º posto.

Na prova, o chileno Pablo Quintanilla(Husqvarna) assumiu a liderança na classificação de motas rali Dakar, ao vencer a sexta etapa da prova. O chileno ganhou 7.30 minutos ao norte-americano Ricky Brabec (Honda) e conquistou-lhe a liderança, tendo agora 4.38 minutos de avanço sobre o piloto da Honda. O luso-germânico Sebastian Bühler (KTM), que corre com uma mota emprestada, foi 22.º, logo a seguir a Joaquim Rodrigues Jr., enquanto Fausto Mota (Husqvarna) foi 31.º e David Megre (KTM) 35.º.

Nos automóveis, o francês Sébastien Loeb (Peugeot) alcançou a terceira vitória na edição deste ano, 13.ª nas quatro participações que já conta. Loeb subiu ao segundo lugar, a 37.43 minutos de Nasser Al-Attiyah (Toyota), do Qatar, segundo classificado no dia de hoje. O francês Stéphane Peterhansel (Mini) fecha os lugares do pódio, depois de ter cedido 18 minutos, após ter parado para ajudar o espanhol Nani Roma (Mini).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.