O austríaco Matthias Walkner (KTM), em motas, e o espanhol Carlos Sainz (Peugeot), em automóveis, geriram hoje o avanço da geral, na 13.ª e penúltima etapa do rali Dakar2018 e ficaram muito perto da consagração, sábado.

Walkner não forçou, entre San Juan e Córdoba, para ser quarto numa etapa ganha pelo australiano Toby Price (KTM) em 4:48.33 horas. O argentino Kevin Benavides (Honda) foi segundo no dia e também continua em segundo da geral, mas com um atraso de 22.31 minutos, que não devem ser anulados nos 120 quilómetros de Córdoba.

Price, a 27.45, também deve ter o último lugar do pódio assegurado, já que o quarto - agora o francês Antoine Meo (KTM), que passou o espanhol Gerard Farres (KTM) - está a 50.17.

Os 369 quilómetros da especial de hoje, num traçado encurtado pela organização, tiveram um setor de dunas e outro de pistas rápidas, com os concorrentes mais experientes a gerir o esforço, já a pensar na etapa final, a realizar na serra de Córdoba.

Foi claramente o caso de Walkner: "De manhã, pensei que era preciso que não fizesse loucuras, havia uma jornada longa para passar, e que os meus perseguidores ainda iam atacar como diabos. Mas tenho um avanço importante e então não estava muito nervoso. Sei no entanto que tudo pode mudar muito depressa, com um erro de navegação ou um problema técnico. Ainda há um dia, não ganhei o Dakar, tenho de continuar concentrado", disse o austríaco.

Nos automóveis a vitória na etapa foi para Nasser Al-Attiyah (Toyota), do Qatar, tendo cumprido a tirada em 5:02.22 horas, o que lhe conferiu o quarto triunfo em etapas na presente edição da prova.

Al-Attiyah superou os Toyota do argentino Luciano Alvarez, segundo a 11.16 minutos, e do sul-africano Giniel de Villiers, terceiro a 13.06.

Confortavelmente na liderança e a gerir cada vez mais o seu avanço, Carlos Sainz concluiu a 13.ª etapa a 19.37 minutos, enquanto o francês Stephane Peterhansel (Peugeot), segundo à partida para a etapa, embateu numa árvore e ficou imobilizado mais de 40 minutos, pelo que provavelmente ficará fora do pódio.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.