Fernando Alonso fez o seu primeiro teste no deserto sul-africano, esta quarta-feira, com vista a uma possível participação no Raly Dakar 2020. O ex-campeão mundial de Fórmula 1 deverá participar com um carro da Toyota, de acordo com uma publicação da marca japonesa nas redes sociais.

"Que aula de condução o para o vencedor das 24 Horas de Le Mans @alo_official ... que testou um Hilux Dakar pela primeira vez ao lado de Giniel de Villiers. Vai ser uma corrida muito divertida no deserto", escreveu a Toyota Gazoo Racing WEC.

Também o espanhol mostrou-se satisfeito por esta experiência no deserto, ao volante de um Toyota.

No início deste ano, a Toyota confirmou à AFP ter feito contactos para tentar contar com o espanhol, bicampeão mundial da Fórmula 1 (2005, 2006), que também participou das 500 milhas de Indianápolis e venceu as 24 Horas de Le Mans.

"Foi muito bom, fomos cada vez mais rápido, porque eu tinha um pouco de confiança, mesmo que nem sempre tenha sido fácil fazer uma leitura das dunas, saber o seu tamanho e a rapidez com que as abordava", disse Alonso num vídeo postado pela Toyota. "Foi incrível", acrescentou o espanhol.

De acordo com a imprensa espanhola, a Toyota, para a qual Alonso pilota na categoria Endurance, teria concordado com uma inscrição do espanhol na edição de 2020 do Rali Dakar.

"Há um desejo comum, vamos ver se a Toyota pode e vai organizar as coisas. Se assim for, isso pode ser feito", explicou em janeiro Jean-Marc Fortin, o gerente de equipa da Toyota.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.