A 3.ª etapa do Dakar 2019, disputada entre San Juan de Marcona e Arequipa, no Peru, foi muito dura para pilotos e motards. O português Paulo Gonçalves subiu duas posições da geral das motas após o sexto lugar na etapa. O vencedor de 2018, o austríaco Mathias Walkner (KTM), teve um dia para esquecer e cedeu 23.15 minutos.

Nos automóveis, o francês Stéphane Peterhansel (MINI) vingou-se do tempo perdido na véspera e venceu com 3.26 minutos de vantagem sobre o catari Nasser Al-Attiyah (Toyota), novo líder da competição, depois dos problemas técnicos sofridos pelo seu companheiro de equipa, o sul-africano Giniel de Villiers (Toyota). O dia foi azarado também para o espanhol Carlos Sainz (MINI), vencedor em 2018, que bateu num buraco e danificou a roda dianteira esquerda.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.