Terminou este fim-de-semana o Dakar2018, a prova mais dura do calendário automobilístico Mundial. Na edição 40 da prova, em terras sul-americanas, a vitória nos carros sorriu ao espanhol Carlos Sainz (Peugeot), naquela que foi o seu segundo triunfo na prova. Sainz impôs-se em uma das mais duras edições dos últimos anos, a 10.ª realizada na América do Sul, com passagem por Peru, Bolívia e Argentina, e tornou-se, aos 55 anos e 284 dias, o piloto mais velho a vencer a prova na categoria de automóveis.

Walkner não terá tido menos motivos para celebrar, depois de se tornar, aos 31 anos, o primeiro austríaco a vencer a prova, aos comandos de uma KTM, marca austríaca que venceu as últimas 17 edições do rali. O ‘motard’ natural de Salzburgo conseguiu vencer a competição, à quarta tentativa, depois de ter terminado no segundo lugar no ano passado e de ter abandonado nas duas participações anteriores.

Nos ‘quads’, o chileno Ignacio Casale conquistou o seu segundo Dakar, repetindo o êxito de 2014, enquanto o brasileiro Reinaldo Varela (Can Am) sucedeu ao seu compatriota Leandro Torres nos ‘buggys’ (SSV).

Veja as melhores imagens da prova, uma seleção do SAPO Desporto

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.