Lewis Hamilton não ganha uma corrida de Fórmula 1 há seis meses. Apesar de ser o atual campeão do Mundo, o britânico da Mercedes continua sem vencer na nova época, depois de três provas. O piloto da construtora alemã não está muito preocupado.

"Ainda só fizemos três corridas. Claro que gostaríamos de ter vencido, mas estamos no meio de um processo de aprendizagem: sobre o nosso carro, os pneus de 2018, e os adversários. Ficou claro para mim desde os testes de inverno, que este ano a luta pelo título seria entre a Ferrari, a Red Bull Racing e a Mercedes. É um enorme desafio para nós. Estamos todos ansiosos para fazer melhor do que aquilo que conseguimos nas primeiras três corridas", disse o britânico.

A próxima corrida é em Baku, no Azerbaijão, onde Hamilton nunca venceu. O piloto da Mercedes reconhece que não será fácil ganhar numa pista tão difícil.

"Baku não tem sido pista positiva para mim até agora, mas só realizamos dois Grandes Prémios nesta pista. Marcamos muitos pontos em situações difíceis este ano, o que me dá esperança para a prova deste fim de semana", atirou.

A última vitória de Hamilton na Fórmula 1 foi em outubro de 2017 no Texas, no Grande Prémio dos Estados Unidos da América. O Mundial de Fórmula 1 é liderado por Sebastien Vettel da Ferrari com 54 pontos, seguido de Hamilton com 45 e Bottas (Mercedes), com 40. Ricciardo, da Red Bull, tem 37.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.