O piloto Jeffrey Herlings (KTM) venceu hoje a corrida de qualificação na categoria MXGP do Grande Prémio de Portugal de motocrosse, quinta ronda do Mundial, que decorre este fim de semana no Crossódromo Internacional de Águeda.

O piloto holandês que lidera o campeonato começou a corrida atrás do campeão do mundo e seu companheiro de equipa, Antonio Cairoli, mas na sétima volta assumiu a liderança e não a largou mais, terminando a qualificação com uma vantagem de 1,541 segundos para o italiano.

O piloto francês Romain Febvre (Yamaha) não conseguiu acompanhar o ritmo imposto pela dupla da KTM, terminando a corrida na terceira posição, a 4,761 segundos de Herlings.

Quanto aos portugueses, que participam na prova como pilotos ‘wildcard’, Rui Gonçalves (Yamaha) terminou no 20.º lugar, a 1.57,325 minutos do vencedor, com Paulo Alberto (Yamaha) na 22.ª posição, a uma volta de Jeffrey Herlings.

Já no MX2, a vitória foi para o espanhol Jorge Prado (KTM), que dominou a corrida de qualificação do princípio ao fim. O dinamarquês Thomas Kjer Olsen (Husqvarna) terminou na segunda posição, com mais 3,169 segundos, enquanto o australiano Jed Beaton (Kawasaky) foi terceiro, a 5,141 segundos do vencedor.

Hoje, decorreram também as primeiras corridas pontuáveis do Mundial feminino (WMX) e do Europeu de 250 (EMX250), que foram ganhas respetivamente por Courtney Duncan (Yamaha) e Mathys Boisrame (Honda).

Na competição feminina, Joana Gonçalves (Husqvarna) foi a mais rápida entre as portuguesas. Em EMX250 nenhum dos pilotos lusos conseguiu a qualificação.

Os pilotos regressam à pista do Crossódromo Internacional de Águeda no domingo para o segundo dia do Grande Prémio de Portugal. As principais corridas, em MXGP e MX2 (duas em cada escalão), estão marcadas para a tarde, enquanto a manhã está reservada para as segundas corridas em WMX e EMX250.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.