O diretor da escuderia Mercedes de Fórmula 1, o austríaco Toto Wolff, garantiu hoje que o construtor germânico está nesta disciplina "a longo prazo", pondo de lado a possibilidade de abandonar o Mundial no final desta temporada.

Wolff falava durante a apresentação do novo esquema de cores dos carros campeões do mundo de construtores e de pilotos, numa conferência de imprensa realizada em Londres.

"Estamos aqui a longo prazo. A F1 permite-nos uma excelente plataforma de marketing para a nossa marca e isto é o que fazemos, construímos carros de corrida e carros do dia-a-dia", sublinhou o patrão da Mercedes.

Os ‘flecha de prata’ surgiram hoje com um novo esquema cromático devido à entrada de um novo patrocinador para os próximos cinco anos, a INEOS, uma multinacional de produtos químicos que apoia também a equipa de ciclismo de Chris Froome e Egan Bernal, respetivamente tetracampeão e vencedor da última edição da Volta a França.

"Esta parceria mostra a nossa vontade de continuarmos a caminhada de sucesso que temos tido na Fórmula 1", sublinhou Toto Wolff.

O patrão da Mercedes disse ainda que a sua equipa e o piloto britânico Lewis Hamilton, seis vezes campeão mundial, são "um casal evidente".

"Queremos ter o homem mais rápido no nosso carro e sei que o Lewis [Hamilton] quer conduzir o carro mais rápido", comentou, sobre o piloto que termina contrato com a Mercedes no final de 2020 e que tem vindo a ser tentado pela Ferrari.

Wolff adiantou ainda que a renovação de contrato não foi falada depois do final da temporada de 2019. "Estamos na estrada ao longo de dez meses, pelo que nos deixamos em paz durante o inverno", explicou o austríaco, garantindo que as conversações para a renovação de contrato "serão retomadas quando começar a nova temporada".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.