A mulher do sete vezes campeão do Mundo de Fórmula 1 Michael Schumacher agradeceu o apoio dos fãs durante o período de coma do marido, numa mensagem escrita incluída no programa oficial do GP da Alemanha.

"Esta é uma mensagem para todos os que seguiram apaixonadamente o Michael, durante todos estes anos, e que também o apoiaram nestes seis meses, longe das pistas", escreve Corinna Schumacher na página seis do programa do GP da Alemanha, que decorre no domingo no circuito de Hockenheim.

O antigo campeão do Mundo de F1 ficou em coma em dezembro, na sequência de uma queda quando esquiava em França, e só seis meses depois, em meados de junho, saiu dessa condição, tendo então sido transferido para o Hospital de Lausanne, na Suíça.

"Este GP dá-me a oportunidade perfeita de vos agradecer cordialmente pelas mensagens de encorajamento e pela energia positiva que continuam a enviar ao Michael", salientou a mulher do antigo piloto.

O alemão, de 45 anos, iniciou em Lausanne a fase de reabilitação, que os médicos consideram vir a ser "longa". Na sua mensagem, Corinna Schumacher também alerta para o tempo que vai demorar.

"Provavelmente vai demorar muito tempo. Estamos confiantes de que o tempo, como em todos estes anos na F1, será aliado do Michael neste combate", concluiu a mulher do piloto.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.