A oitava e antepenúltima etapa do Rali Dakar trouxe novo líder nas motos. Ricky Brabec viu o motor da sua moto partir e teve de desistir, entregando assim a liderança a Toby Price, que terminou a tirada em 3.º lugar. A etapa foi ganha pelo austríaco Mathias Walkner (KTM).

Joaquim Rodrigues Jr. (Hero) é agora o melhor português, depois de ter registado o 13.º tempo da tirada, a 26.24 minutos do vencedor, subindo seis posições, até ao 18.º lugar. O piloto de Barcelos teve uma tirada complicada, depois de ter caído num buraco. Foi aconselhado a parar mas acabou por seguir em frente. António Maio (Yamaha), foi obrigado a desistir, com problemas mecânicos na sua mota.

Sebastian Bühler (KTM) terminou logo atrás e está agora em 20.º, sendo o segundo entre os estreantes. Fausto Mota (Husqvarna) foi o 29.º, apesar de uma violenta queda sofrida na especial de terça-fera. David Megre (KTM) foi 41.º e está em 32.º, logo seguido de Fausto Mota.

Nos SxS, Miguel Jordão (Can-Am) foi sétimo e ocupa idêntica posição da classificação. Ricardo Porém (Can-Am), que na segunda-feira caiu com o seu veículo numa duna, acusando dores nas costas, conseguiu arrancar hoje, ocupando a nona posição da etapa.

Nos carros, Sébastien Loeb (Peugeot 3008 privado) teve um furo mas acabou por vencer a etapa, naquela que foi a sua quarta vitória. Mas o líder continua a ser o catari Nasser Al-Attiyah (Toyota) que ficou agora mais perto da vitória, pois alargou a liderança para 46.29 minutos de vantagem, na sequência de problemas do francês Stéphane Peterhansel (MINI), que foi oitavo, perdendo mais 24 minutos para o catari, sobretudo na travessia das dunas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.