Lewis Hamilton (Mercedes) colocou-se ontem a um passo de voltar a conquistar o título de campeão do mundo de Fórmula 1. O britânico venceu o Grande Prémio da Rússia, 16.ª prova do Mundial de Fórmula 1, ampliando a sua vantagem na liderança e interrompendo uma série de três vitórias da Ferrari.

Graças a um ponto extra conseguido por fazer a melhor volta da corrida, Hamilton agora tem mais 73 pontos do que seu perseguidor imediato, o companheiro de equipa, o finlandês Valtteri Bottas.

Bottas e o monegasco Charles Leclerc (Ferrari), que largou na pole position, completam o pódio. O alemão Sebastian Vettel (Ferrari) abandonou a prova devido a um problema no seu motor, explicou a escuderia italiana.

Foi esse incidente que permitiu aos carros da Mercedes, 2º e 4º na grelha de partida, assumir a vantagem: a paragem do carro do alemão deu entrada ao safety car virtual e propiciou uma paragem nas boxes mais rápida.

Lewis Hamilton consolidou a liderança do Mundial, passando a somar 322 pontos, mais 73 do que o segundo, Valtteri Bottas, enquanto Leclerc ocupa a terceira posição com 215.

Confira o resumo da prova:

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.