A nadadora portuguesa Ana Catarina Monteiro foi hoje sexta classificada na final dos 200 metros mariposa dos Mundiais de piscina curta, em Hangzhou, na China, melhorando o recorde nacional que tinha estabelecido horas antes, nas eliminatórias.

Ana Catarina Monteiro, que terminou a prova a 4,14 segundos da vencedora, a húngara Katinka Hosszu, fixou o novo máximo de Portugal em 2.05,74 minutos, superando por larga margem o recorde que tinha estabelecido nas eliminatórias realizadas durante a manhã, com o tempo de 2.06,49 minutos.

A norte-americana Kelsi Dahlia, com 2.01,73 minutos, e a japonesa Suzuka Hasegawa, com 2.04,91, terminaram a prova na segunda e terceira posição, respetivamente.

A nadadora do Fluvial Vilacondense chegou à final com o oitavo tempo das eliminatórias, depois de ter terminado no quarto lugar da sua série e superado o recorde de Portugal que vigorava à partida para a China, de 2.07,62 minutos, que lhe pertencia desde 15 de abril de 2018.

A jornada ficou ainda marcada pelo recorde nacional de Miguel Nascimento nos 200 metros livres (1.43,76 minutos), depois do nadador do Benfica ter fixado na véspera novo máximo nos 100 livres (47,61 segundos), no primeiro percurso da estafeta de 4x100 livres, na qual também foi superado o máximo nacional.

Ainda na segunda jornada do Mundial de piscina curta, que decorre até domingo, Tamila Holub obteve o 12.º tempo nos 800 metros livres, entre 30 nadadoras, com recorde pessoal (8.29,58 minutos), ao vencer a segunda série, seguida de Diana Durães, 13.ª classificada, com 8.30,12.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.