As nadadoras Diana Durães, Rita Frischknecht e Rafaela Azevedo estabeleceram hoje novos registos máximos de Portugal no último dia do ‘meeting’ internacional de Lisboa, que decorreu nas Piscinas Olímpicas do Jamor, em Oeiras.

Nos 1.500 metros livres, disciplina em que Durães já tinha mínimos para os Jogos Olímpicos Tóquio2020, a nadadora do Benfica melhorou para 16.15,12 minutos o recorde nacional, que já lhe pertencia desde 2018.

Nos 50 metros costas, Rafaela Azevedo colocou nos 28,43 segundos o máximo português, batendo uma marca que já tinha fixado ela mesma, em agosto de 2019, em Budapeste (28,55).

Outro dos destaques de hoje foi Rita Frischknecht, que também melhorou um registo que já lhe pertencia, nos 200 metros costas, para 2.15,02 minutos.

A prova que hoje terminou no complexo localizado em Oeiras foi organizada pela Associação de Natação de Lisboa, sendo reconhecida como passível de estabelecer marcas de apuramento para os Europeus e Tóquio2020, com o England South West a vencer a classificação, à frente do Sporting, segundo, e do Algés e Dafundo, terceiro.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.