A época de 2019/20 de râguebi em Itália foi dada por encerrada, sem a atribuição dos respetivos títulos, devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), anunciou hoje a federação italiana (FIR).

"Esta decisão implica a não atribuição dos títulos de campeões italianos e envolve o cancelamento de todos os processos de promoção e despromoção”, afirmou a FIR em comunicado.

A federação acrescenta que esta decisão, que diz respeito aos campeonatos masculinos e femininos, em todos os escalões etários, é “sem precedentes na história do râguebi italiano do pós-guerra”.

A FIR anuncia ainda que vão ser adotadas, em breve, “medidas extraordinárias de apoio”, para “todos os agentes" do mundo do râguebi em Itália.

O desporto está parado desde o início de março em Itália, onde o coronavírus matou cerca de 8.200 pessoas.

A federação de râguebi é a primeira das grandes federações italianas a decidir encerrar a temporada mais cedo, sem conceder títulos.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou cerca de 540 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 25 mil. Dos casos de infeção, pelo menos 112.200 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro de 2019, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

A Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, com 8.165 mortos em 80.539 casos registados até hoje

Em Portugal, registaram-se 76 mortes e 4.268 infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.