Frederico Morais vai iniciar a temporada de 2020 no final deste mês de janeiro, com a participação no recém-criado QS5000, que se vai disputar em Marrocos, nas ondas de Anchor Point, em Taghazout.

Kikas, que este ano vai regressar ao circuito principal do WCT, afirma-se ansioso por começar a nova temporada e por o ir fazer num local como Taghazout. "É espetacular termos um evento aqui. Já aqui venho há alguns anos e é um lugar fantástico, que fica muito perto de Portugal. Tem ondas incríveis. Estou entusiasmado por começar a temporada em Taghazout", destacou o surfista português ao site oficial da Word Surf League.

Ao lado de Frederico Morais no evento estarão mais 14 surfistas portugueses, com destaque para Vasco Ribeiro e Pedro Henrique, que tal como Kikas terão entrada direta para a 2.ª ronda.

O período de espera do Pro Taghazout começa a 25 de janeiro e prolonga-se até dia 1 de fevereiro, contando para o circuito europeu e africano da WSL. Trata-se da terceira prova da temporada do circuito de qualificação WQS, a segunda com o estatuto. À espera do vencedor estão 5 mil pontos para o ranking desse circuito.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.