Os surfistas portugueses Frederico Morais, Vasco Ribeiro e Miguel Blanco apuraram-se para a terceira ronda do Oi Hang Loose Pro, prova que decorre em Fernando de Noronha, no Brasil, enquanto Luís Perloiro ficou pelo caminho.

Miguel Blanco foi o primeiro a assegurar o apuramento para a próxima ronda deste evento de 6.000 pontos do circuito de qualificação (QS), ainda na quarta-feira, quando ficou no primeiro lugar da sexta bateria com um total de 10,66 pontos nas suas duas melhores ondas (6,33 + 4,33), batendo os concorrentes Kiron Jabour (havaiano que também se apurou para a ronda três), Nicolas Vargas (Chile) e Carlos Munoz (Costa Rica).

Hoje, Frederico Morais, que correu o circuito mundial em 2017 e 2018, obteve o segundo lugar no seu 'heat' (16.º) com 11,64 pontos (6,17 + 5,47), atrás do havaiano Ian Gentil (13,43) e à frente do costa-riquenho Noe Mar McGonagle e do brasileiro Robson Santos, ao passo que Vasco Ribeiro liderou a sua bateria, a 22.ª, com 12,27 pontos (5,67 + 6,60), seguido pelo espanhol Aritz Aranburu - que também segue em frente -, e deixando pelo caminho Daiki Tanaka (Japão) e Luel Felipe (Brasil).

Pior sorte teve Luís Perloiro, o outro português que estava em prova, que caiu na 12.ª bateria, disputada ainda na quarta-feira, ficando no quarto lugar (7,20 pontos) atrás do fracês Charly Quivront, do sul-africano Adin Masencamp e Wiggolly Dantas, o brasileiro que já correu o circuito mundial.

Agora, na terceira ronda, Blanco vai entrar na água no terceiro 'heat', contra os brasileiros Jesse Mendes, Madson Costa e Jadson André, 'Kikas' no oitavo, enfrentando os brasileiros Yago Dora e Alejo Muniz, bem como o britânico Luke Dillom, e Vasco no 11.º, onde vai contar com a oposição do peruano Miguel Tudela, do francês Charly Martin e do norte-americano Michael Dunphy.

O campeão do mundo, Gabriel Medina, também assegurou o apuramento para a ronda três, cujas primeiras baterias ainda se realizam hoje.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.