O belga David Goffin, 22.º do 'ranking' mundial, recebeu hoje o último convite para o quadro principal do Estoril Open em ténis, enquanto os portugueses Gastão Elias e João Domingues receberam os dois últimos para o 'qualifying'.

Em relação ao quadro principal, e já depois dos dois primeiros 'wild cards' terem sido atribuídos ao número dois nacional Pedro Sousa e ao espanhol Pablo Carreno-Busta, vencedor da edição de 2017, a escolha recaiu em Goffin, que tem como melhor o sétimo posto no 'ranking' e a presença na final do ATP Finals de 2017, bem como quatro títulos na carreira.

“Estou muito contente por receber um 'wild card' em cima da hora. Agradeço ao diretor do torneio e à sua equipa pelo convite. Será uma bela oportunidade que me permite jogar na próxima semana e estou muito entusiasmado por conhecer o novo evento que se realiza no Estoril. O meu treinador falou-me muito bem da zona de Cascais e espero corresponder com um desempenho de alto nível”, disse David Goffin, em mensagem enviada à organização da prova.

Os dois únicos 'wild cards' para a fase de qualificação foram entregues a João Domingues (214.º) e Gastão Elias (307.º), num 'qualifying' em que o último jogador com acesso direto ocupa o posto 151.

“Foi uma escolha óbvia. O João Domingues está em forma e vem de quartos de final e final em dois 'challengers' com um quadro de 64 elementos. O Gastão Elias já foi jogador do top 60 mundial, tem sido um esteio da seleção portuguesa na Taça Davis e poderá aproveitar o apoio do público português para ganhar confiança e regressar ao seu melhor ténis”, referiu João Zilhão, diretor do torneio.

O Estoril Open decorre de 27 de abril a 05 de maio.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.