Portugal falhou hoje o apuramento para o ‘play-off’ de acesso ao Grupo Mundial da Taça Davis em ténis, ao perder por 3-2 com a Suécia, em Estocolmo, na segunda eliminatória do Grupo I da zona Europa/África.

João Sousa venceu os seus dois encontros de singulares, mas Gastão Elias perdeu os dois, antes e depois de, junto ao número 1 luso, falhar também o triunfo na variante de pares.

No quinto e decisivo encontro, Gastão Elias, 106.º jogador mundial, perdeu com Mikael Ymer, 355.º, por 6-3 e 6-4, num embate dominado pelo jogador escandinavo.

O jogador português conseguiu dois ‘breaks’ no primeiro ‘set’, no primeiro jogo e no quinto, mas sofreu três consecutivos, no quarto, no sexto e no oitavo, para perder por 6-3.

No segundo parcial, Mikael Ymer conseguiu o ‘break’ logo no primeiro jogo e não mais perdeu o comando, com Gastão Elias a desperdiçar várias oportunidades para ripostar, ao não aproveitar pontos de ‘break’ no quarto jogo e no sexto.

Muito desinspirado e frustrado, o jogador português chegou mesmo a destruir uma raquete no decorrer do segundo parcial.

Gastão Elias já havia perdido na sexta-feira perante Elias Ymer, 133.º jogador mundial, por 7-6 (13-11) e 6-4 e, já hoje, junto a João Sousa, também cedeu em pares, face a Markus Eriksson e Robert Lindstedt por 7-6 (8-6) e 6-2.

Por seu lado, João Sousa bateu Elias Ymer e Mikael Ymer pelo mesmo resultado, um duplo 6-4.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.