A polémica em torno da final do US Open entre Serena Williams e o árbitro português Carlos Ramos continua a dar que falar com as recentes declarações de Roger Federer em entrevista ao jornal 'Sunday Times'.

Na opinião do tenista suíço, Serena Williams foi longe de mais nas críticas a Carlos Ramos.

"A Serena deveria ter-se afastado. Acabou por fazê-lo, depois de ter ido longe de mais", começou por dizer Roger Federer.

"Houve coisas que nunca deveriam ter sido ditas. Entendo o que ela poderia estar a sentir e o árbitro poderia tê-la pressionado menos, mas tudo o que aconteceu é um caso que deve ser analisado", acrescentou Federer.

Recorde-se que na final feminina do US Open, Serena Williams acusou o árbitro Carlos Ramos de 'mentiroso' e de 'ladrão'. A japonesa Naomi Osaka acabou por vencer a prova e Serena Williams acabou por ser penalizada e multada em 16 mil euros por acusar o árbitro português de sexismo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.