O secretário de Estado da Juventude e do Desporto (SEJD), João Paulo Rebelo, assistiu hoje à sua primeira competição ‘in loco’ no Lisboa Racket Centre, onde decorre o torneio do Circuito Sénior da Federação Portuguesa de Ténis (FPT).

“É a primeira competição a que estou a assistir ao vivo e a cores, desde o início desta pandemia [covid-19]”, revelou João Paulo Rebelo, confessando ser o ténis uma das suas “modalidades favoritas”, o que “também é uma feliz coincidência estar a acontecer”.

Aproveitando uma oportunidade, entre reuniões, o SEJD fez questão de passar no Lisboa Racket Centre como forma de “simbolizar o retomar das modalidades individuais sem contacto físico.”

“Simbolizar o regresso do desporto, ainda não exatamente como conhecíamos antes, porque não podemos ter público, mas é uma boa notícia para o ténis em particular, para o desporto em geral e, sobretudo, para os atletas que as coisas estejam progressivamente a retomar”, justificou.

Depois de trocar umas palavras com João Sousa, número 66 do ‘ranking’ mundial, Pedro Sousa, 110.º colocado na mesma hierarquia, Frederico Silva (193.º ATP) e Francisca Jorge, campeã do primeiro torneio do Circuito Sénior FPT, na Vale do Lobo Tennis Academy no domingo, João Paulo Rebelo afirmou que estão “todos no pico de forma [com exceção de Pedro Sousa que está lesionado)e juntos a tentar que isto passe o mais rapidamente possível, tendo esta atitude responsável de procurarmos retomar as nossas vidas sem colocar em causa a nossa saúde e a saúde pública.”

“Preocupa-nos que haja um menor impacto possível no futuro desta paragem, por isso é tão essencial também o trabalho destes clubes, de base local, de manterem as suas atividade e praticantes. Esta visita deu-me também a oportunidade de estar em contacto com os atletas, com a competição, a primeira que estou a assistir, e estou muito contente por isso”, finalizou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.