O espanhol Rafael Nadal, atual número 2 do mundo, que desistiu do torneio de Brisbane, na Austrália, devido a uma leve lesão na coxa esquerda, insistiu que já não sente mais dor, após uma partida de exibição disputada em Sydney na segunda-feira.

Nadal disputou uma partida de exibição de pares ao lado do canadiano Milos Raonic, derrotando os australianos Nick Kyrgios e John Millman.

O espanhol de 32 anos declarou que se sentia "melhor" depois da desistência em Brisbane, após realizar um exame que detetou um pequeno estiramento na coxa esquerda. A lesão colocou em dúvida a participação de Nadal no Open da Austrália, primeiro Grand Slam do ano e que começa a ser disputado em 14 de janeiro em Melbourne.

"Não voltei a sentir dor", declarou o vencedor de 17 títulos de Grand Slam. "Acho que foi um bom início para mim, um bom regresso às quadras diante de um público fantástico em Sydney".

Nadal, submetido a uma artroscopia no joelho direito em novembro, não disputa um torneio oficial desde que se viu obrigado a abandonar o duelo de meia-final contra o argentino Juan Martin del Porto no US Open, em setembro do ano passado.

Para iniciar a nova temporada, Rafa Nadal disputou a primeira ronda do torneio de exibição de Abu Dhabi, mas acabou derrotado pelo sul-africano Kevin Anderson.

Questionado sobre as chances de disputar o título em Melbourne, Nadal mostrou-se confiante: "Porque não?".

"Não dá para prever isso. Claro que teria sido melhor disputar um torneio completo em Abu Dhabi e um torneio completo em Brisbane, mas o mais importante é estar a bater bem na bola", explicou Nadal.

"O único problema é que não disputo um jogo há muito tempo", concluiu.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.