Alguns dos melhores tenistas do mundo vão trocar as raquetes pelos comandos das consolas no final do mês, depois de os organizadores do Open de Madrid, cancelado decido à pandemia CONVID-19, terem anunciado que vão realizar um torneio virtual com o intuito de angariar fundos para os profissionais do mundo do ténis em maiores dificuldades perante a suspensão das competições.

A temporada de ténis foi interrompida no início de Março, deixando os tenistas profissionais menos cotados, que dependem exclusivamente dos ganhos que obtêm com a participação em torneios, sem fonte de rendimento.

Quer o ATP, principal circuito de ténis masculino, que o WTA, principal circuito de ténis feminino, suspenderam todos os torneios até, pelo menos, meados de julho, perante o fechar das fronteiras de inúmeros países e o Open de Madrid, um dos torneios Masters 1000 da ATP também dos eventos de topo da WTA, foi uma das provas canceladas.

Porém, afinal o torneio vai mesmo ter lugar, mas em formato virtual, no videojogo 'Tennis World Tour', e decorrerá de 27 a 30 de Abril, "com alguns dos maiores tenistas do mundo a medirem forças a partir das respetivas casas", avançdou o ATP Tour.

Assim, 16 tenistas masculinos e 16 tenistas femininas vão jogar a versão virtual do maior torneio de Espanha. "Como o torneio não vai ser jogado nas datas previstas, quisemos arranjar outra maneira de levar o ténis até aos fãs", explicou Feliciano López, diretor da prova madrilena.

O CEO do ATP Tour, Andrea Gaudenzi, também ele um antigo tenista, gostou da ideia. "Vai ser entusiasmante abrir a janela do ténis aos fãs neste momento complicado". O responsável do WTA, Steve Simon, tem opinião idêntica. "É uma forma criativa de manter próximos os fãs da modalidade. Estamos ansiosos para ver como é que tudo vai correr".

O ténis é, assim, mais uma modalidade a virar-se para o mundo dos eSports neste período, depois do futebol ou da Fórmula 1, entre outros.

Os vencedores irão arrecadar 150 mil euros, a ser doados a um fundo de apoio aos jogadores que mais sofrem economicamente com a paragem do circuito internacional. Além disso, 50 mil euros adicionais serão doados com vista á redução do impacto social e económico da pandemia COVID-19 em Espanha.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.